Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Finalmente Chegouuuuuuuuuuu!!!

Finalmente Chegouuuuuuuuuuu!!!
CRIZINHA - UMA REPÓRTER EM CRISE... 1 POST LOGO ABAIXO! LÊ AI...

quinta-feira, 4 de junho de 2009

HISTÓRIAS DE UM MESTRE!

RUMO À BAHIA EDGARD! - PROFESSOR EDGARD DE OLIVEIRA BARROS É HOMENAGEADO COM PARTICIPAÇÃO EM CONGRESSO INTERCOM 2002
"Experiência da Intercom é importante para alunos e profissionais que atuam na área de jornalismo"


"Quem quer faz", é o que afirma Edgard de Oliveira Barros, professor de Reportagem e Fonte Jornalística, da FACOM/UniFIAM. Segundo o mestre, "A Intercom é uma oportunidade para alunos e professores contribuírem para a reflexão sobre os problemas emergentes da Comunicação". Edgard, que foi o orientador do aluno do primeiro ano de Jornalismo, Alan Rodrigues, 37, vencedor do concurso de reportagem, defendendo o tema "Democracia e Jornalismo no século XXI", sente-se honrado por ter contribuído de alguma forma para essa premiação. "Sinto-me muito feliz, não pelo prêmio conquistado pelo estudante, mas especialmente por ser ter sido um aluno do primeiro ano de Jornalismo, e ficaria mais feliz ainda se o segundo e terceiro colocado fossem alunos do primeiro ano também".O professor, que mal consegue disfarçar o entusiasmo, ainda afirma: "A reportagem realmente estava fantástica, fiz alguns acertos, mas estava intocável", incansavelmente elogia. Para Edgard, mais conhecido pelos alunos, como um eterno "contador de histórias", acredita que o concurso não foi difícil e que um aluno do primeiro ano ter sido premiado poderá ter motivado outros alunos para os próximos anos a tentar. "Isso prova que quem tem potencial poderá estar tanto no primeiro ano de faculdade ou não. Quem é bom sempre se destaca, mas tem que tentar", afirma o professor.O estudante Alan Rodrigues diz não estar ansioso para a premiação: "Eu fiz a reportagem da Rádio Favela em Belo Horizonte que duraram três dias, pois o tema me chamou atenção, por ser uma rádio no meio de uma favela que consegue atingir altos índices de audiência". E conclui: "Escrevi para um público desconhecido e as pessoas perceberam o valor dessa reportagem. Isso foi o que verdadeiramente importou para mim, não o prêmio em si". Para Alan Rodrigues ter o professor Edgard como orientador foi uma experiência que define como especial. "Na verdade, o professor Edgard, mais que orientador, foi um incentivador e admirador deste projeto. Agora chegou a hora de desfrutarmos dessa conquista juntos". Os dois, aluno e professor embarcaram para a Bahia dia primeiro de setembro.

CRISTINA GUARIBA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário